Selecionados do Bolsa-Trabalho irão atuar na saúde

Por Gilberto de Almeida 04/10/2021 - 12:51 hs
Foto: Marcelo Deck

Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda (SETRE), realizou na terça-feira, 28/9, a integração com os 106 selecionados para o programa Bolsa-Trabalho, do governo do Estado em parceria com a administração municipal. O encontro aconteceu no Centro de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (Avenida Marechal Rondon, 263, Centro).

Os selecionados receberão uma bolsa-auxílio de R$535,00 durante cinco meses, mais curso de qualificação profissional e apoio à empregabilidade. Nesse período, atuarão na Secretaria da Saúde, auxiliando no atendimento aos munícipes nas Unidades Básicas de Saúde, durante 5 dias da semana, 4 horas por dia.

Como o foco do programa é oferecer qualificação profissional, os selecionados farão cursos de capacitação, ministrados online por meio da plataforma da Univesp, com 80 horas de duração cada. Os cursos disponíveis são: auxiliar de controle de produção e estoque, gestão de pessoas, gestão administrativa, organização de eventos, rotinas e serviços administrativos, secretariado e recepção.

O prefeito Rogério Lins esteve no Centro de Formação Continuada dos Profissionais da Educação para conversar com os novos colaboradores temporários da Secretaria da Saúde e desejou sucesso a todos: “entendam esse período como oportunidade de aprendizado e de dedicação. Espero que vocês aproveitem bastante os cursos de qualificação profissional, porque é isso que vai abrir muitas portas para vocês. Desejo muita sorte e sucesso a todos nesse processo”, disse Lins.

Já o secretário da SETRE, Gelso de Lima, contou sobre sua experiência de vida com programas sociais. “Se dediquem ao máximo, porque essa é uma oportunidade. Aos 14 de idade entrei num programa social e isso abriu os caminhos para mim. Estudar e dedicar-se é fundamental”, relatou.

Em seu discurso, o secretário de Saúde, Fernando Machado, falou da importância que esses profissionais terão para a pasta. “Serão cinco meses que vocês vão atuar no departamento de Atenção Básica, que é importantíssimo para o município. Que vocês sejam resilientes para enfrentar as dificuldades do dia a dia”, finalizou.

Conforme as regras definidas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do governo do Estado, o programa para os já selecionados termina em fevereiro de 2022 e não é prorrogável.