Osasco aumenta orçamento da Cultura e busca reconhecimento turístico

Audiência pública na Câmara debateu políticas públicas de cultura e turismo

Por Gilberto de Almeida 13/11/2019 - 10:03 hs
Foto: Ricardo Migliorini / CMO

Uma audiência pública na Câmara Municipal de Osasco apresentou as principais ações em andamento nas áreas da cultura e do turismo. O encontro, promovido na noite desta segunda-feira (11), foi uma ação da Comissão Permanente de Educação, Cultura e Esportes do Legislativo, em atenção à solicitação do vereador Ricardo Silva (PATRI).

Algumas das novidades anunciadas foram o aumento do orçamento para a área da cultura em 2020 e o andamento dos trabalhos para que Osasco seja classificado como município de interesse turístico.

Além de Ricardo Silva, que presidiu o encontro, participaram os secretários municipais de Educação, José Toste Borges, de Cultura, Éder Máximo (Éder B2), de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Paulo Contim, e os vereadores Rogério Santos (PODE) e Ana Paula Rossi (PR), respectivamente o presidente e a relatora da Comissão.

Também estiveram presentes servidores que atuam nas duas secretarias, comerciantes e representantes dos setores de hotelaria e de coletivos que atuam nas áreas de cultura e preservação da memória.

Para Ricardo Silva, a audiência foi importante porque cumpriu o papel de divulgar e dar publicidade ao que está acontecendo na cidade. “Queremos estabelecer um processo democrático e ajudar no engrandecimento da cultura e do turismo de Osasco”, afirmou.

O secretário Éder Máximo explicou que o orçamento para a pasta da Cultura aumentou, o que irá permitir a execução de programas importantes para a população, como a criação do Parque das Artes, a reforma do Museu Dimitri Sensaud de Lavaud e a ampliação do número de oficinas culturais nas escolas municipais.

“Conseguimos garantir tudo isso na LOA (Lei Orçamentária Anual)”, explicou o secretário, que também agradeceu os vereadores Pelé da Cândida (PSC), Dra. Régia (PDT) e Ribamar Silva pela disponibilização de emendas na área da cultura.

Já o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Paulo Contim, falou do trabalho para elevar a cidade ao patamar de município de interesse turístico.

Contim ainda destacou a atuação do Conselho Municipal de Turismo (Contur) e do Fórum de Desenvolvimento como instrumentos de aproximação entre o poder público e a sociedade civil. “Estamos sendo um elo com essa parte do empresariado, dos hotéis, dos comércios ligados diretamente ao turismo de negócios, as empresas e entidades civis”, disse.

A diretora de Desenvolvimento Econômico e Inovação da Prefeitura de Osasco, Taís Assunção, explicou que Osasco tem vocação para os negócios e a cultura. No entanto, para que possa ser classificado como município de interesse turístico, será necessário seguir protocolos, entre eles a elaboração de um Plano Municipal de Turismo.

O presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara, vereador Rogério Santos, avaliou positivamente o encontro. “Foi uma das audiências mais produtivas, com pessoas trazendo propostas que ajudarão a construir uma cidade melhor”, concluiu.