Reflexão: COMÉRCIO ILEGAL, NECESSIDADE OU CRIME ?

Por ODILON NETO 02/02/2020 - 19:12 hs

Hoje quero conversar com você meu amigo leitor (a), a respeito de um tema muito polêmico e controverso de nossa sociedade brasileira. O comercio ilegal.

Para que possamos entender mais afundo, irei abordar temas ligados a todo esse mundo controverso, e para isso, já início fazendo-lhes uma pergunta: Você é a favor da corrupção? 

Tenho certeza que sua resposta foi não, correto?

Pois bem, sabemos que a corrupção é um dos maus que mais destroem nosso Brasil, e consequência dela, nos faz mais críticos, mais exigentes e mais receosos contra os políticos. Até ai, nada anormal não é mesmo?

Então vou fazer outra pergunta: O que você faz para ajudar a acabar com a corrupção?

Pergunta difícil né?

Sei que você está pensando que é votar em políticos honestos, não votar, dentre diversos outros métodos e pensamentos que é melhor nem colocarmos aqui, correto?

Bom, mais a corrupção não é exclusividade dos nossos políticos e tão pouco somente culpa deles, ela é nossa também.

Quantas vezes, você ao cometer uma infração de transito, não tentou ao menos com argumentos conversar com o agente de transito a não te multar? Ou em uma festa na sua casa, onde você está ouvindo um som mais alto, você esquece que tem vizinho e pensa somente nos seus benefícios, esquecendo que ao seu redor pode haver outras pessoas querendo um pouco de sossego? Ou então procurou meios de adquirir produtos mais em conta, negando-se a exigir nota fiscal ou a procedência do produto apenas para pagar mais barato?

Temos de entender, que tudo isso atrai a corrupção, quando vemos uma equipe da guarda municipal intervir no combate ao comercio ilegal, eles estão também coibindo crimes. Nossa como assim Odilon?

Vamos lá, o comercio ilegal é abastecido em sua maioria por produtos de origem duvidosa, contrabandeados e até mesmo roubados. Já ouviu falar que só tem roubo por que tem quem compre? E é assim mesmo, o comercio ilegal vai bem além de uma simples falta de pagamento de impostos, ele alimenta o crime, e o crime, seja ele organizado ou de colarinho branco (Políticos). Nós sabemos que o desemprego é um dos nossos maiores problemas, e sabemos que muitos pais e mães de família recorrem vender uma bala no farol, e alguns outros produtos para que possam sobreviver.

Porém, o praticamente de comercio ilegal em sua maioria, está a serviço de algo bem maior, muitos ali possuem condenações por diversos crimes como, homicídio, Roubo à mão armada, violência doméstica, etc.

Em Osasco temos o decreto 12.133/2019, que delega a obrigação de combate ao comercio ilegal a nossa guarda civil municipal. Esse decreto, como disse mais a cima, além de prevenir crimes, aumentaram o policiamento na região central da nossa cidade, pois o guarda ao mesmo tempo em que combate o comercio ilegal, também está prevenindo, roubos, furtos, estelionatos, dentre muitos outros crimes e ilegalidades.

Não podemos esquecer que a exemplo do nosso calçadão, estes comerciantes ilegais, escolhem áreas de muito movimento para praticar suas atividades ilícitas, e isso causa mais alguns problemas, dentre eles:

Ocupam espaços destinados aos pedestres e portadores de necessidades especiais, como calçadas, rampas, acessos a veículos de emergência, caminho especial para deficiente visual.

Comercializam em sua maioria, mercadorias que já são vendidas nas lojas próximas, as lojas têm um gasto tremendo para poderem funcionar, aluguel, impostos, água, luz, funcionários etc.

Uma loja pequena no nosso calçadão emprega no mínimo 10 pessoas, se essa loja não vende, são 10 pessoas a menos empregadas.

Por fim, as ações da nossa guarda municipal, como no município de São Paulo, onde a GCM e a Policia Militar também combate o comercio ilegal, além de legitimas e legais, não são apenas por que os praticantes do comercio ilegal estão deixando de pagar impostos, mais sim, para que os crimes deixem de ser praticados, preservar o direito dos comerciantes legais ao redor e garantir o emprego de dezenas de milhares de pessoas que dependem dessas empresas para sustentar sua família. Por tanto, quando vir nossas forças de segurança ou até mesmo os fiscais da prefeitura em ações de apreensões, valorize, apoio, aplauda, pois do contrário, não adianta depois reclamarmos da corrupção, dos maus políticos, da péssima saúde pública, etc. etc. etc.